Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS | (51) 3231-4260
 WorldDAB divulga relatório que mostra o avanço do rádio digital na Europa e Austrália. Reino Unido e Noruega lideram na adesão
Quarta, 14 de Outubro de 2020

WorldDAB divulga relatório que mostra o avanço do rádio digital na Europa e Austrália. Reino Unido e Noruega lideram na adesão

Sem FM analógico de alcance nacional, rádio digital terrestre tem seu maior alcance em território norueguês. Avanço da tecnologia nos carros é expressiva

Um levantamento feito pela WorldDAB mostrou que o rádio digital DAB+ continua avançando em alcance e uso entre vários países europeus e também na Austrália, onde a tecnologia está presente. E os números são expressivos, tendo o Reino Unido na liderança em receptores adquiridos, com cerca de 45 milhões de aparelhos. Já a Noruega, país que chamou a atenção da indústria de rádio ao desligar o FMs analógico nacional em 2017, lidera em alcance da transmissão de radiofrequência digital.

O levantamento aponta que são 93 milhões de receptores de rádio digitais adquiridos até o momento na Europa, continente que não tem uma adesão uniforme da tecnologia até o momento. Mas o avanço mais significativo foi visto nos últimos anos e várias nações contam com esforços efetivos para promoverem a adesão da tecnologia, principalmente nos carros.

Quem tem alavancado a adesão da tecnologia é o automóvel, local que é fundamental para a audiência de rádio na Europa, similar ao que ocorre nos Estados Unidos. Um recorte que chama a atenção é o alcance do DAB+ nos carros na Noruega: sem o FM analógico de emissoras nacionais, o rádio digital já chega a 100% da frota automotiva norueguesa.

Com o FM analógico operado apenas por estações locais desde 2017, consequentemente, o alcance populacional de DAB + na Noruega é de 99,7%, de acordo com o relatório do WorldDAB. Os noruegueses também aceitaram bem os receptores DAB em suas casas, segundo o levantamento, com uma presença de 73% nas residências.

O Reino Unido também conta com um esforço para migrar a audiência analógica para a transmissão digital em rádio frequência. Tanto que, em 2019, as escutas em DAB+ e também via streaming já superavam o volume concentrado no FM analógico, este que segue no ar e teve o seu desligamento adiado novamente (inicialmente previsto para 2015, o novo prazo para o encerramento passou a ser 2032).

Já outros países como a França, que tem uma adoção mais lenta da tecnologia, a audiência de rádio está em alta, mas a presença do DAB+ ainda é pequena, com 3.4 milhões de receptores digital, representando uma presença de 13% nas residências. A adoção da tecnologia está muito atrelada com o planejamento adotado por cada país.

Comparativos: 2019 x 2010

O que mais chamou a atenção da indústria no levantamento da WorldDAB foi o saldo do alcance da tecnologia em apenas 1 ano, apontando que o uso do rádio digital tem uma boa possibilidade de maior assimilação por parte da população nos próximos anos. Na Suíça, o alcance foi de 65% em 2019 para 71% em 2020 (dados comparativos entre o segundo quadrimestre de cada ano).

No Reino Unido o avanço foi de 1% em 1 ano. Já na Holanda o rádio digital avanço de 33% para 39% em dois anos.

 

Com informações da WorldDAB e do portal RAIN News. Colaboração de David Duck

Fonte: Tudo Rádio
Compartilhe esta notícia:

Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
Av. Getúlio Vargas, 774 - CJ 604 - Bairro Menino Deus
CEP: 90.150-002 - Porto Alegre - RS
FONE: (51) 3231-4260
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ACESSE NOSSAS REDES

SINDIRÁDIO ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS