Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS | (51) 3231-4260
Edital de 5G é vitória para setor da radiodifusão, afirma Abratel
Terça, 28 de Setembro de 2021

Edital de 5G é vitória para setor da radiodifusão, afirma Abratel

Entre os pontos comemorados estão a garantia de migração das parabólicas (TVRO) da banda C para a banda Ku

Representando empresas da radiodifusão, a Abratel classificou como uma “vitória do setor” o texto final do edital de 5G, aprovado nesta sexta-feira, 24, pela Anatel. Entre os pontos comemorados estão a garantia de migração das parabólicas (TVRO) da banda C para a banda Ku.

“O corpo técnico da Anatel e do MCom fizeram um trabalho exemplar. Seguiram a solução de migração dos sinais da TVRO para a banda Ku, assegurando a milhões de brasileiros do Cadastro Único do governo federal os kits de recepção de satélite na banda Ku e o acesso livre à televisão aberta, gratuita e de qualidade”, afirmou, em comunicado, o presidente da Abratel, Márcio Novaes.

Desde o início das discussões técnicas envolvendo o 5G, a associação e demais entidades do setor de radiodifusão defendiam a migração como solução para o impasse das possíveis interferências na faixa de 3,5 GHz. Atualmente, a frequência é usada para a transmissão de canais abertos de televisão pela banda C, recebida nas antenas parabólicas domésticas.

“Depois de intensos debates e uma forte atuação da Abratel, o Conselho Diretor da Anatel adotou a migração como a solução para as interferências no serviço de TV aberta por parabólicas causadas pelas redes de 5G na faixa de 3,5 GHz”, reiterou a entidade, no comunicado.

A Abratel ainda recorreu a dados já divulgados pela Anatel para estimar que haja hoje 17 milhões de parabólicas por sinal aberto. Desses, 8,3 milhões estão no Cadastro Único e devem ter a migração custeada a partir dos recursos arrecadados com o leilão.

A distribuição dos kits será feita por uma entidade a ser criada com a finalidade de lidar com este e outros compromissos da faixa de 3.5 GHz – a EAF. O custeio damigração também inclui também a instalação dos novos equipamentos e outras despesas, totalizando um orçamento de cerca de R$ 2,3 bilhões.

Fonte: TeleTime
Compartilhe esta notícia:

Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
Rua Riachuelo, 1098 - Sala 204 - Bairro Centro
CEP: 90.010-270 - Porto Alegre - RS
FONE: (51) 3231-4260
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ACESSE NOSSAS REDES

SINDIRÁDIO ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS